caroço no seio

Conheça as principais causas do aparecimento de caroço no seio

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
clock (1)
5 min.

A causa mais comum do aparecimento de um caroço no seio é o câncer de mama. Porém, nem sempre esse corpo estranho nas mamas está relacionado à doença. Ele pode ser ocasionado por fatores hormonais, genéticos, entre outros.

Independentemente da causa, é muito importante identificar se existe a presença de nódulos no seio para realizar o diagnóstico e o tratamento adequado. Aprenda a localizar a presença de caroço nos seios e suas principais causas no artigo abaixo.

Quais são as principais causas de caroço no seio?

O nódulo no seio é uma condição que pode afetar mulheres de várias faixas etárias, sendo na maioria dos casos uma alteração benigna. “ Apesar de o caroço no seio não ser apenas causado pelo câncer de mama, ele indica diversas alterações na região,” explica o pediatra Felipe Folco.

Mesmo assim, é importante ficar atento à causa do aparecimento de caroços na mama, que podem identificar diversas condições de forma benigna ou maligna, como o câncer de mama. Segundo dados divulgados pela American Institute for Cancer Research, em 2018, o segundo tipo de câncer que mais causa mortes em mulheres é o de mama. Por isso, conheça as principais causas do aparecimento do caroço no seio logo abaixo.

Cistos simples

Os cistos simples geralmente afetam mulheres acima dos 40 anos ou que estejam no processo de pré-menopausa. Suas principais características são a presença de nódulos nas duas mamas, que sofrem alterações durante o período menstrual e que podem ficar doloridas quando há ingestão de cafeína pela paciente.

“Em casos raros, os cistos simples podem evoluir para um câncer de mama e, em alguns, não há necessidade de tratamento específico”, acrescenta o Dr. Felipe Folco.

Lipoma

“O lipoma trata-se apenas do acúmulo de tecido gorduroso nos seios, não oferecendo danos à paciente. Os lipomas podem ser moles ou duros, podendo ser confundidos com o câncer de mama”, afirma o médico.

Alterações fibrocísticas

As alterações fibrocísticas podem aparecer como um duro caroço dolorido na mama normalmente na semana anterior à menstruação e se dissipam sete dias após o ciclo. Essa condição está geralmente relacionada às alterações hormonais no corpo da mulher no período menstrual ou durante tratamentos com hormônios.

Fibroadenoma

Esse caroço na mama apresenta uma forma arredondada e, apesar de duro, não causa dor e pode se movimentar livremente no seio. Geralmente, o fibroadenoma é encontrado em mulheres de 20 a 40 anos, devido ao crescimento exagerado das glândulas produtoras de leite e de tecido da mama.

Mastopatia diabética

Nesse caso, aparecem tumores enrijecidos e indolores inicialmente, mas que podem gerar o aparecimento de bolhas e pus. Essa situação é um caso raro e grave de mastite, uma inflamação nas mamas que causa dor, vermelhidão e aparecimento de vários nódulos. A mastite diabética se desenvolve geralmente em pacientes que fazem uso de insulina.

Infecções nas mamas

Algumas infecções nas mamas, como a mastopatia, podem provocar inflamações internas nos seios e gerar nódulos, que causam desconforto e vermelhidão na região.

Câncer de mama

Como vimos, a maioria dos nódulos nos seios são benignos e não são indícios de câncer de mama. Porém, é necessário ficar atento, principalmente se houver o aparecimento de caroços a partir dos 50 anos. Além de corpos estranhos na região, a doença também causa secreção com sangue nas mamas, mamilo invertido ou desconforto.

Por isso, se você encontrou alguma alteração nos seios é muito importante buscar ajuda médica. Caso possua histórico familiar da doença, deve-se realizar um acompanhamento médico regular. Para o diagnóstico do câncer de mama, o médico pode indicar uma mamografia ou ultrassonografia dos seios.

A importância do autoexame para a saúde das mamas

Para identificar nódulos malignos ou benignos nos seios, é muito importante realizar o autoexame. Ele não substitui procedimentos como a mamografia ou a ultrassonografia, porém é uma ferramenta inicial de alerta aos sinais anormais nas mamas.

Para realizá-lo, fique em pé ou deitada na frente do espelho, então, apalpe a região dos seios e verifique se existe a presença de caroços, secreções ou vermelhidão nos seios. Caso você identifique alguma anormalidade, procure um especialista o mais rápido possível.

A Comigo Saúde sabe a importância de deixar os exames em dia para a manutenção da saúde. Por isso, aqui você pode realizar seus procedimentos de modo prático e econômico.

Você pode agendar seus exames para o melhor dia, horário e local on-line e pagar um preço justo e acessível. Na Comigo, você ainda tem o pagamento facilitado em até 10 vezes no cartão. Aproveite para cuidar de sua saúde e a de quem você ama, com um preço que cabe no seu bolso.

*Texto revisado pelo Médico Felipe Folco CRM 100694

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Baixe nossos
materiais exclusivos

e tenha acesso a conteúdos sobre

Baixe nossos materiais exclusivos e tenha acesso a conteúdos sobre

saúde e bem estar

Receba nossos conteúdos gratuitamente.
Toda semana enviamos diretamente na sua caixa de email dicas de saúde, bem estar e descontos.

Também detestamos spam!

POSTS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba nossos conteúdos gratuitamente.
Toda semana enviamos diretamente na sua caixa de email dicas de saúde, bem estar e descontos.

Também detestamos spam!

Baixe nossos
materiais exclusivos

e tenha acesso a conteúdos sobre

Baixe nossos materiais exclusivos e tenha acesso a conteúdos sobre

saúde e bem estar