ressonancia-magnetica

Entenda o que é ressonância magnética e sua importância

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
clock (1)
6 min.

Você sabe exatamente o que é ressonância magnética? Ao longo de décadas, novos equipamentos surgiram, técnicas foram aprimoradas e os ambientes de saúde passaram a contar com verdadeiras tecnologias de ponta; e uma delas é a chamada ressonância magnética.

Mesmo que você nunca tenha realizado esse tipo de exame, com certeza, já ouviu falar dele. Por isso, neste artigo, a Comigo Saúde e o Dr. Felipe Folco vão te ensinar como o procedimento funciona, quando é indicado e os cuidados envolvidos. Confira a seguir!

O que é ressonância magnética

Este é um tipo de exame que faz uso de electromagnetismo para gerar imagens detalhadas de diversas partes do corpo, como ressonância magnética no joelho, braços e pescoço, por exemplo.

Ele é feito por meio de uma máquina grande, com um visual um tanto futurista, que interage com o paciente ao produzir campos magnéticos e pulsos de radiofrequência.

A ressonância magnética se destaca de outros procedimentos por permitir a captação de imagens com alta definição. É uma técnica bastante ampla e que costuma ser aproveitada por médicos de diferentes especialidades para vários objetivos”.

Entre os tipos de ressonância magnética, estão:

  • Coluna cervical: próxima ao pescoço;
  • Coluna dorsal: região próxima ao tórax;
  • Coluna lombar: parte próxima ao umbigo,
  • Coluna lombo-sacral: parte final da coluna.

Em quais situações o exame é indicado

O exame serve para analisar diversas estruturas do corpo humano. Logo, pode ajudar o médico a diagnosticar uma série de doenças neurológicas, abdominais, ortopédicas, cervicais, cardíacas, entre outras. Veja alguns exemplos de complicações que são facilmente detectadas pela ressonância:

  • Tumores no cérebro — pela ressonância magnética do crânio, por exemplo;
  • Hérnia de disco;
  • Esclerose múltipla;
  • Derrame em estágio inicial;
  • Fraturas ósseas;
  • Câncer de mama e outras enfermidades que acometem a saúde da mulher;
  • Lesões em tendões;
  • Infecções em articulações,
  • Ligamentos rompidos.

Por meio do exame, é possível fazer análises detalhadas dos vasos sanguíneos, além de identificar alterações presentes em tecidos moles. A necessidade do procedimento é determinada pelo médico responsável, que tem como base os sinais, os sintomas e os testes anteriores do paciente.

Existe algum risco para a saúde?

O exame de ressonância magnética é uma técnica que apresenta poucos efeitos colaterais. Isso porque não utiliza a radiação ionizante presente em exames de raio-X e tomografias, por exemplo.

Além disso, o contraste empregado nesse método de diagnóstico é feito à base de gadolínio, um elemento químico que raramente causa reações alérgicas. Em todo caso, vale conversar com o médico para tirar dúvidas e investigar os possíveis riscos antes de fazer o exame.

Preparo e cuidados

Além de saber o que é ressonância magnética, é essencial fazer um preparo correto antes do exame. Afinal, por trabalhar com um alto campo magnético, o equipamento pode atrair itens ferromagnéticos e ferir quem estiver por perto. Logo, é importante manter tesouras, cilindros, macas e demais ferramentas longe da sala.

Pelo mesmo motivo, portadores de cateteres, marcapassos e outros dispositivos não devem fazer o exame. Em alguns casos, até pessoas com tatuagens — principalmente recentes — precisam passar por uma avaliação, já que algumas tintas utilizadas na pele contêm ferro.

Como o procedimento é realizado

Um exame de ressonância magnética é indolor e rápido, com duração aproximada de 15 minutos. Ao chegar ao local, o paciente é orientado a vestir um avental e a retirar todos os acessórios/pertences metálicos que possam estar em seu corpo, como brincos e piercings.

Na sala do exame, o paciente é colocado sobre uma maca e recebe um abafador sonoro — devido ao alto som emitido pela máquina —, além de um dispositivo que permite acionar a equipe responsável pelo procedimento.

Com a pessoa livre de acessórios, ela é coberta por um aparelho chamado bobina, a fim de potencializar o efeito do campo magnético e melhorar a qualidade da imagem que a máquina vai “fotografar”.

Depois, a maca desliza para dentro de um tubo, no qual tudo será visualizado. Ademais, enquanto o equipamento é utilizado, é preciso ficar imóvel.

Dicas necessárias

Ao entender o que é ressonância magnética, certas pessoas devem saber que realizar esse tipo de exame pode não ser indicado por conta de algumas condições de saúde — uso de dispositivos, existência de alergias, etc.

“Por isso, é crucial avaliar o cenário com um médico de confiança para pesar os riscos e os benefícios da ressonância magnética” recomenda o médico Felipe Folco.

Mesmo quem tem a possibilidade de se submeter ao exame deve tomar alguns cuidados antes e durante o procedimento. As dicas são:

  • Vá ao banheiro com antecedência;
  • Não leve nenhum objeto metálico durante o exame;
  • Fique em jejum conforme a orientação do médico — em alguns casos, é necessário um período de 4 a 6 horas;
  • Esteja ciente da necessidade do uso de um contraste — substância que facilita a diferença de estruturas anatômicas do corpo;
  • Informe ao médico se sofrer com problemas de ansiedade ou claustrofobia — a ressonância magnética para claustrofóbicos pode causar crises,
  • Fique imóvel e acordado durante o exame — pessoas com distúrbios que as impeçam de ficar paradas podem precisar de sedação.

Seguindo esses passos, é possível ter uma boa experiência com o exame e seguir sua rotina normal no mesmo dia.

Como realizar ressonância magnética a preços acessíveis

Esse exame é bastante comum e pode ser encontrado nos principais hospitais, clínicas e laboratórios. Independentemente do local escolhido.

A comodidade também é importante, afinal, permite que você agende o procedimento no dia e horário que achar melhor. É nesse momento que a Comigo Saúde pode lhe ajudar! Com ela, você consegue agendar atendimentos e buscar exames específicos. E tudo de maneira simples, rápida e sem burocracia.

Além de tudo isso, caso esteja procurando ressonância magnética de preço acessível, a Comigo Saúde oferece uma tabela de preços diversificados e justos.

Agora, você já entendeu melhor o que é ressonância magnética, agende seu exame e saiba mais sobre outros tipos de exame e dicas de saúde no nosso blog!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Baixe nossos
materiais exclusivos

e tenha acesso a conteúdos sobre

Baixe nossos materiais exclusivos e tenha acesso a conteúdos sobre

saúde e bem estar

Receba nossos conteúdos gratuitamente.
Toda semana enviamos diretamente na sua caixa de email dicas de saúde, bem estar e descontos.

Também detestamos spam!

POSTS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba nossos conteúdos gratuitamente.
Toda semana enviamos diretamente na sua caixa de email dicas de saúde, bem estar e descontos.

Também detestamos spam!

Baixe nossos
materiais exclusivos

e tenha acesso a conteúdos sobre

Baixe nossos materiais exclusivos e tenha acesso a conteúdos sobre

saúde e bem estar