original-daf09d92ab7e7e0c38e4e5ab004629cd

Ultrassom intravaginal: saiba como funciona e a importância do exame!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
clock (1)
4 min.

Não é à toa que a expectativa de vida das mulheres é maior do que a dos homens. Em 2019, a média de vida delas é de 79,6 anos, enquanto a dos homens é de 72,5, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Entre os fatores que contribuem para isso estão a genética, os hormônios e os hábitos culturais que incluem visitas preventivas ao médico e a realização de exames como o ultrassom intravaginal.

A genética é devido aos cromossomos femininos terem mais genes que prolongam a vida. Sobre os hormônios, o feminino (estrogênio), serve como um antioxidante natural. Já a questão cultural e comportamental, é porque as mulheres, como citado, se preocupam e tendem a procurar mais o médico do que os homens.

Quando falamos em cuidados com a saúde feminina, um exame muito importante é o ultrassom intravaginal. Já ouviu falar? Entenda como ele funciona, por que é relevante e como contribui para qualidade de vida e bem-estar da mulher!

O que é o ultrassom intravaginal?

Conhecido também como ultrassom endovaginal e transvaginal, este é um exame de imagem muito seguro realizado com a ajuda de um aparelho que se chama transdutor transvaginal e serve para investigar a saúde do aparelho reprodutivo feminino. Ele avalia órgãos como útero, trompas uterinas, colo do útero, ovários, endométrio e outros através do fundo da vagina.

Como funciona o exame?

Geralmente, o procedimento é realizado como um complemento de outro exame de ultrassonografia pélvica, pois ele permite acessar mais facilmente os órgãos genitais e transmiti-los internamente via imagem por uma TV. No consultório, paciente deita-se, mantém as pernas entreabertas e utiliza um travesseiro para elevar a região pélvica.

O transdutor vaginal, que é uma espécie de sonda alongada, é introduzido pela vagina com um preservativo e lubrificante para garantir mais segurança e conforto à paciente e o médico vai avaliando a saúde dos órgãos ao redor. Geralmente, não é necessário um preparo para realizar o exame, a não ser em casos especiais, como quando há endometriose, por exemplo.

Vale ressaltar que, apenas por questões de higiene e conforto da paciente, é recomendado que a mulher esteja fora do período menstrual para realizar o procedimento. Porém, em casos de urgência, o exame pode ser feito normalmente.

Quando devo fazer o ultrassom intravaginal?

Este é um procedimento fundamental para ser realizado no início da gestação para avaliação e acompanhamento da implantação correta do embrião e para investigar se há gravidez nas trompas. Além disso, o exame deve ser feito nas seguintes situações:

  • em casos de suspeita ou tratamento de endometriose;
  • de tumores de ovários;
  • miomas, nódulos e pólipos endometriais;
  • quando há sangramentos anormais ou alterações ginecológicas;
  • suspeita de útero infantil;
  • para acompanhamento quando a paciente faz uso do DIU (Dispositivo Intrauterino), método contraceptivo que é implantado no útero.

O ultrassom intravaginal, que é indolor e rápido (dura menos de 20 minutos) é indicado também para mulheres que já iniciaram a vida sexual, podendo ser adicionado aos exames de rotina. Porém, não deve ser realizado por mulheres que nunca tiveram relações sexuais.

Onde posso realizar o procedimento?

Existe uma forma muito fácil e rápida de saber onde realizar este exame médico em São Paulo. Por meio da plataforma de agendamento de consultas e exames online da Comigo, você tem acesso aos locais mais perto de você e o melhor, com preços acessíveis. É só acessar o site, digitar o nome do exame e ele já informa o valor e a clínica disponível para marcação.

O ultrassom intravaginal é um exame fundamental para ser realizado pelas mulheres, pois apresenta alta capacidade de detecção de doenças, controle de enfermidades e acompanhamento da gestação. Além disso, é um procedimento muito acessível para a população que não tem plano de saúde.

É mãe de primeira viagem e está buscando informações para responder aos medos e ansiedades normais dessa fase? Então, tire todas as dúvidas com essa série de esclarecimentos e dicas legais que separei para você. Vem ler!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Baixe nossos
materiais exclusivos

e tenha acesso a conteúdos sobre

Baixe nossos materiais exclusivos e tenha acesso a conteúdos sobre

saúde e bem estar

Receba nossos conteúdos gratuitamente.
Toda semana enviamos diretamente na sua caixa de email dicas de saúde, bem estar e descontos.

Também detestamos spam!

POSTS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba nossos conteúdos gratuitamente.
Toda semana enviamos diretamente na sua caixa de email dicas de saúde, bem estar e descontos.

Também detestamos spam!

Baixe nossos
materiais exclusivos

e tenha acesso a conteúdos sobre

Baixe nossos materiais exclusivos e tenha acesso a conteúdos sobre

saúde e bem estar